quinta-feira, 8 de novembro de 2018

Prometo que sim


Eu sei que queremos isto com toda a força. E também sei que o queremos mais do que alguém pode imaginar. E nós vamos conseguir. Prometo que sim. 
Só quero que não esqueças, que não irá ser fácil. Vão haver dias de trabalho ardúo, semanas a dormir poucas horas, noites passadas a planear projetos, a delinear a realização de sonhos. Na verdade nada disto é simples. Mas juntos eu sei que conseguimos. Somos mais fortes que rochas e nunca desistimos daquilo que queremos.

E eu sei, que o amor pode assustar,
E eu sei, que o amor pode começar incendios até,
Mas sei também que o amor cuida, o amor protege.
E nós sempre cuidamos um do outro.
E muitos até podem não nos desejar bem,
mesmo que nós desejemos o melhor para eles.
E muitos podem olhar-nos de forma invejosa,
mas nós só vamos retribuir carinho.

Então amor, pega na minha mão e vamos só. Fecha os olhos e vamos caminhar por entre os nossos medos, porque são eles os unicos que nos podem impedir de ir para onde queremos ir. Anda. Vamos, na urgência do ir, na incerteza dos passos, no embalar do desconhecido. Pega na minha mão e vamos só. Eu sei que queremos isto com toda a força. E também sei que o queremos mais do que alguém pode imaginar. A nós vamos conseguir. Prometo que sim. 

terça-feira, 4 de setembro de 2018

Perdemos tanto tempo




Nós perdemos tanto tempo das nossas vidas a criticar o mundo, a criticar as pessoas, as ações, os sitios, as formas de viver, que nos esquecemos completamente de viver as nossas vidas, de apreciar o mundo, as diferenças, de compreender, de ouvir, de amar o que nos rodeia, de respirar. 
Vivemos tão afogados em percursos definidos que nos esquecemos completamente de explorar diferentes estradas. Perdemos tanto tempo, que esquecemos de perseguir as nossas almas.

quinta-feira, 19 de julho de 2018

Se te pudesse dizer


Se te pudesse dizer quantos sentimentos vão dentro de mim. Uma infinidade de sensações num espaço tão pequeno. Tantas versões de um ser, dentro de um só corpo. Centenas de combinações de emoções, milhares de possiveis padrões de frases, possiveis perguntas e respostas e até silencios. Sabias que até o silencio pode ter diferentes padrões? Existem silencios que gritam mais alto que gritos, que conseguem falar mesmo não tendo voz. 

Se te pudesse dizer quantos sentimentos vão dentro de mim. Uma complexidade mais complexa que um labirinto, uma simplicidade tão simples como um jardim. E nada do que te diga parece ser suficiente para te explicar as milhentas versões que cabem dentro deste corpo, o milhão de tonalidades que uma alma consegue ter. Sabias que as almas têm mais cores que o arco iris?

Se te pudesse dizer quantos sentimentos vão dentro de mim. Quantos sorrisos e lágrimas encaixam num rosto sério. Quanto medo se acomoda numa feição serena. Quanta coragem se infiltra naquele que sempre foi chamado de fraco. Uma infinidade de sensações em espaços tão pequenos. Universos inteiros em almas. Tantas versões de um ser, dentro de um corpo só.