segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Casa, Aconchego, Alguém...


Casa. Casa não é somente o sitio onde dormes,  onde acordas ou tomas o pequeno almoço pela manhã. Casa não é necessariamente o local onde viveste desde a tua infância, o apartamento em que estás agora ou a moradia onde morarás amanhã. Não é tão pouco aquele canto repleto de mobílias, carpetes, cortinas, candeeiros, quatro paredes montadas ao alto e ponto. 
Casa é onde tu te sentes feliz, onde tu sentes conforto, aconchego. O sitio onde o sentimento que sentes se assemelha ao intocável, como se nenhum mal do mundo te conseguisse alcançar. Ah, conforto... O teu conforto pode nem ser o local em si, pode ser alguém. Alguém que te faça sentir bem. 
Já um dia me disseram '' Talvez a tua casa não seja nada mais que dois braços a segurarem-te firmemente quando tu estás no teu pior.''. Quem mo disse talvez esteja certo e tanto a minha como a tua seja isso mesmo, um porto seguro, alguém que te ampara qualquer que seja a circunstancia, alguém que abraça os teus problemas como se fossem os seus. Alguém que te quer bem e acima de tudo, alguém que nunca te deixará ''sem abrigo''.

8 comentários:

Anónimo disse...

Serei sempre a tua casa !Es um orgulho para mim, 19 <3

Ísis disse...

Casa é onde encontramos aconchego.

Maggie Hippie disse...

aaw, muito obrigada ! :D
adorei o teu post **

Ember Blue disse...

Verdade! :)
Amei o texto ^^
Beijinhos*

Isy disse...

concordo com cada palavra tua, tens toda a razão. Casa é onde te aconchegas, te sentes bem e em segurança.

bjxxx

disse...

às vezes interpretamos a palavra casa como um lugar, algo palpável onde necessitamos de estar. mas casa não é onde precisas de estar mas onde queres estar. não tem necessariamente de ser um sitio, um espaço, pode ser alguém, um sorriso, algo fugaz. quando entro aqui, também esta é a minha casa

Isy disse...

Nisso temos sorte...
Ambas temos um um porto seguro!

Bjxxx

Cláudia S. Reis disse...

Que texto lindo :)