segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Eterna dor, eterna mágoa?



Existem fases em que tudo julgamos eterno, tudo parece fazer sentido tal como o encaixe das peças de uma puzzle. Tudo ganha uma melodia absorvedora, tão melodiosa que acabamos por encaminhar todas as nossas forças num determinado caminho, num dado objectivo.
Sabes, um dia aprendi que nem todo o caminho é límpido, e que mesmo na limpidez da água também nos afogamos um dia. Aprendi que caminhos podem ser longos ou muito curtos, podem ter ida e um regresso prévio, ou simplesmente uma ida sem volta. Caminhos são traiçoeiros. Traem-te quando menos esperas e acabam por te afundar o barco quando pensas estar tudo bem.
E quando pensares estar a caminhar para o paraíso toma cuidado, porque num estalar de dedos podes te encontrar no inferno. E quando deres por ela, oh esse inferno já faz parte de ti. Mas não tenhas medo, e se o tiveres transforma-o em força para viveres. E olha que viver não é esconderes-te aí debaixo dos lençóis com medo do mundo. Força não significa que não tenhas que chorar. Significa que apesar de chorares lutas noite e dia!
Só não deixes que te tirem tudo o que tens, o melhor que tens. Não deixes que te roubem o teu melhor sorriso, o teu mais ingénuo brilho dos olhos e sinceridade do coração. Não te deixes abalar por palavras excessivamente perturbantes. Sabes quem te perturba com palavras é quem se perturba pela pessoa que és, é quem te admira, é quem te inveja pela diferença que marcas que ela não é capaz de fazer. Tu és melhor que isso. Tu és tu. E lembra-te, nem tudo é eterna dor ou eterna magoa.

7 comentários:

Emilie Lorena disse...

Adorei este texto! É tão verdadeiro e inspirador...

Anónimo disse...

Quando leio um texto teu, meu coração bate como nunca bateu, pois nos teus textos existe uma força uma determinação que nunca vi em alguém ! Continua assim, pois mulheres como tu há poucas, mulheres com essa força não existe!
Tenho uma grande admiração por ti acredita!

DM

joana ; disse...

"Mas não tenhas medo, e se o tiveres transforma-o em força para viveres" tão certo, tão bonito. Parabéns*

Tiz disse...

miss you too :c
Sabes que gosto sempre de tudo o que escreves <3

joana ; disse...

Obrigada eu, oh <3

Nina disse...

Existem muitos caminhos para a vida que temos. Os estreitos são os mais difíceis, mas talvez por isso sejam aqueles que lhe deixam a recompensa no final.
Abraços.

Diana Dias disse...

Escreves mesmo bem, admiro a tua escrita. Sigo o teu blog *

// sou nova aqui no mundo do blog.