terça-feira, 4 de setembro de 2012

Apenas no inicio .



E hoje vais adormecer descansada? Ou vais torturar-te? Ainda te torturas por coisas insignificantes? Ainda te sangra essa ferida em que colocaste um penso fingido no coração?
E que vais fazer? Adormecer em lágrimas? Sobressair as más acções ou reluzir as boas? Acordar na tristeza da cara inchada de choro ou na patetice engraçada dos cabelos gadelhudos de boa disposição?

Sabes? Hoje vais adormecer a sorrir! E antes disso vais fazer um replay de todas as lembranças. Vais pensar de como foste e de como és, comparar-te e ficar satisfeita porque no fundo tornaste-te forte apesar de fria. Mas a frieza cura-se, remedeia-se com coração quente.
E tu vais lembrar-te do teu primeiro dia feliz depois do teu ultimo triste e vais pedir para que sorrisos não faltem e que se faltarem os teus que não faltem os dele. Porque ele é o que mais importa para ti. E vais chorar de alegria, vais agarrar-te com toda a tua força à almofada e no final vais suspirar profundamente pelo dia em que estarão os dois bem juntos todas as manhas. E vais querer preparar-lhe o melhor pequeno almoço do mundo quando isso acontecer. Vais querer acorda-lo com o beijo mais doce e com a caricia mais leve. Oh e as noites em que adormecerão em conchinha são o teu maior sonho não são?

Ela vai anotar tudo o que fazes, vai analisar cada passo que tu dás para caso haja um em falso te amparar. Ela não brinca quando diz que gosta de ti e acredita que és o único que obteve toda a sinceridade da palavra ''amo-te''.
Tudo que ela mais deseja é que não te arrependas de a ter conhecido, das palavras e das brincadeiras. Quer que te orgulhes de todos os seus defeitos e que tenhas muita paciência... Sim porque não tem propriamente um feitiozinho de flor. Sabes... Ela tem medo de te perder, mais medo de te perder que morrer, do que ficar sem ar. E sabes porque? Porque tu sim, és tu que lhe dás vida! E eu sei que ela é casmurra, parva, trenga e tem atitudes de criança mas de uma coisa não podes duvidar. Sabes qual? É que ela te ama como ninguém. Ama-te com a liberdade do vento, com a alegria do arco-íris com a ternura de um abraço apertado. Oh ela ama-te mais que chocolate. E vai amar-te até que as rugas se notem, até que as pernas fraquejem, até que as forças lhe faltem. E quando quase tudo estiver acabado ela ainda irá vingar para dizer ''estamos apenas no inicio''.

22 comentários:

Anónimo disse...

Meu deus, depois de ler este texto fico sem palavras ... Tu com estas palavras tao doces, consegues por uma pessoa ainda mais apaixonada, mas sabes o que é verdadeiro, não acaba!
Há coisas que não acabam, e tudo isto, todos estes momentos, todo este amor nao terá um fim, porque no meio disto existe uma coisa AMOR !


DM

lu de lúcia disse...

O que for teu há-de vir. Adorei a música de fundo, acompanhou-me mesmo bem ao ler este texto :D qual é o nome da música? Nils*?

Maria João Cardoso disse...

será que podes passar pelo meu blog de fotografia e clicar no "gostei" se gostares das novas foots? obrigada!

lu de lúcia disse...

exactamente como o que disseste :D
gostei muito. vou ver se ouço outras então :D

lu de lúcia disse...

mas ele só toca piano? as músicas dele são todas assim? :$

Maria João Cardoso disse...

oh a sério? :$

lu de lúcia disse...

bom, coloquei-me a ouvir todas as músicas dele, no youtube. nem preciso andar a abrir. carreguei lá num sitio e agora quando acaba muda logo para outra. estou a adorar. é relaxante e reconfortante!

Maria João Cardoso disse...

oh muito obrigada :$

Ana Margarida disse...

Este teu texto deixou-me de boca aberta. Acompanho-te desde o teu inicio (em relação à escrita deste blog). E a evolução é enorme. A evolução das palavras, das frases, do que tatua o coração. Gostei, realmente, muito. Está totalmente genial.

Cláudia Ribeiro. disse...

gostei muito do blog (: sigo.

Ana Margarida disse...

Tudo o que te disse foi do coração. Disse-te tudo aquilo que pensava. E já não é de agora que noto a evolução, acredita. Gostei mesmo muito. E muito obrigada pelo teu comentário sempre doce no meu blog!

Cláudia Ribeiro. disse...

De nada doce (: Adoras-te mesmo?

Cátia Costa disse...

Gostei do blog. Vou seguir :)

Ana Margarida disse...

Somos realmente encantadoras.

déé disse...

Adorei querida. Identifico-me com cada palavra **

Cláudia Ribeiro. disse...

Clica no link que diz 'Seguir' querida. Oh, obrigada, és um doce (:

Cláudia Ribeiro. disse...

tens um desafio no meu blog princesa :')

EBA ☮ disse...

Admiras? Porquê?

Cláudia Ribeiro. disse...

obrigada querida (: somos as duas, então!

Cláudia Ribeiro. disse...

Não é complicado, foi difícil mas, alguém tinha que acabar com aquilo que já não valia mais a pena. Calhou-me a mim, só isso! Obrigada *-*

Sara Louro disse...

obrigada querida*

Anónimo disse...

deu-me vontade de pegar nisto e afixa-lo no placar do mundo, despertou tantas emoções como se soubesses como nos sentimos, asdfghujklç esta perfeito, sério! /pigmeu <3333