sábado, 1 de dezembro de 2012

''Ninguém''


Todos seguem o seu caminho, uns levam a casa às costas, outros levam a roupa, uns quantos levam a carteira com documentos e a maioria dinheiro. Todos levam algo. Eu que sai a correr não levo nada. Minto, levo as roupas que me cobrem. Esqueci-me dos documento e hoje sou ''ninguém'' ou alguém, só que agora legalmente sem nome. Bem vinda ''Ninguém''. Eu levo a alma liberta comigo, levo-me a mim e isso basta, não preciso de nome pois ninguém terá interesse nisso nos dias que correm, ou se lembrará de o perguntar. As pessoas andam mais interessadas na correria pela vitoria, na luta pela fama, ou na ganancia de obter dinheiro e não propriamente a fazer tais perguntas. Seria demasiado banal. Já lá foi o tempo em que se importavam com o nome de alguém ou do seu significado etimológico, o tempo em que se pensava na semelhança entre o significado e a personalidade, em vez de se pensar quanto dinheiro terá aquele sujeito no banco, ou quantas casas terá espalhadas por aí. Ridículo.
Aquele velho ao fundo mal pára para olhar para os semáforos, e a criança do outro lado da rua, é arrastada pela mãe nas suas correrias, e mais à direita vê-se duas pessoas a discutir com uma plateia a assistir. Típico.  Correria pára quando algo interessa, quando um entretenimento surge. E não, o entretenimento não é uma cantiga de rua, ou alguém a tocar viola, e muito menos ajudar um mendigo que passa noites ao frio, mas sim o berreiro de uma discussão. Fantástico.
A sociedade já pouca salvação tem, a honra já não existe, e as identidades já são roubadas, daí o ser ''ninguém'' acabar por ser mais digno no meio de tudo isto. Talvez estranho, mas será tão ou mais estranho do que a sociedade que nos rodeia? Do futuro que nos está reservado? Duvido.

5 comentários:

Maggie Hippie disse...

Adorei ! Concordo com cada frase que escreveste.. Infelizmente. Infelizmente porque o mundo não deveria ser assim. Já não acredito na «humanidade» como lhe chamam...

May disse...

a sociedade que temos está cada vez pior... quanto à tua última questão só o futuro o dirá querida...

Andreia Sofia disse...

É verdade, as pessoas hoje em dia vivem numa correria, mas também não é para menos. Quanto ao que as chama à atenção na rua, as pessoas gostam é de peixeirada, por isso é que o programa com mais audiência da tvi é capaz de ser a casa dos segredos (falo contra mim que também vejo), mas as pessoas gostam é disso..

Evelyn Spark disse...

gostei muito! segui

C. disse...

Adoro a música do teu blog. Desconhecia. Pelo que tive a ver ólafur é o interprete, podias dizer-me qual é o nome da música por favor?

Obrigada

beijinhos