sábado, 16 de dezembro de 2017

Sabes que é amor quando ...


Descobres que é amor quando um sorriso te desconcerta, quando um olhar te envolve.
Descobres que é amor quando as palavras não são mais necessárias para dizeres o que sentes. Surge uma impaciência no coração. E os sentidos começam a falar por si. O relógio pára. O mundo deixa de girar. E tudo parece uma alucinação. Sabes que é amor quando tudo te parece alucinação, quando te sentes um louco. E quão bom é ter uma porção de loucura em nós?
Sabes que é amor quando aquele perfume no ar te aconchega e que apenas isso basta para te confortar do desassossego. Para te libertar a existência. E naquele instante és. Sabes que é amor quando és.
Sabes que é amor quando um abraço chega para habitar, quando um entrelaçar de dedos chega para viajar. E naquele instante aprendes a fazer ilusionismo com pouco. Sabes que é amor quando se aproxima à magia, quando se assemelha a lar.

4 comentários:

Daniela Costa disse...

Que texto tão bonito! Bela descrição deste sentimento tão bonito.
Beijinhos :)

Adriana Lima disse...

Tão puro <3

Cláudia S. Reis disse...

Revi-me tanto neste teu texto. Sei que é amor há sete anos e tenho cada vez mais certezas!

Parabéns pelas palavras mágicas.

Palavra-padrão disse...

Não poderia estar mais de acordo!