sexta-feira, 13 de abril de 2012

Perder-se por uma razão



Se eu me perco? Oh, tantas mas tantas vezes. Perco-me quando me tento encontrar, perco-me quando escrevo e ainda mais quando me tento perceber. Sou demasiado inconstante, completamente indefinida e ás vezes demasiado ingénua.  Sou doce para quem me consegue conquistar e amarga para quem desrespeita ou me larga a mão no meio do escuro. Sou brincalhona e por vezes até me rio demais. Sou muito rabugenta,sei o limite mas por vezes ultrapasso-o. Sou lutadora mas também desisto. Sou forte mas não sou de aço. Já o tentei ser mas descobri que não existia nenhum processo químico que transformasse carne e osso e sentimentos em ferro e frieza. Azar o meu... ou talvez sorte. Não sei, talvez já me tenha perdido de novo... 
Perco-me e perco-me, mas desta vez foi diferente, muito diferente. Era uma tarde ensolarada, daquelas bem encantadoras, de fundo apenas suspirava uma brisa do ar e eu ali estava... De novo a tentar encontrar o meu próprio significado, mais uma vez e como de costume, esperava que me perdesse mas não... Desta vez encontrei algo! Encontrei um sorriso que se encaixava no meu, encontrei um coração que batia mais rápido que as fragéis asinhas de um colibri , um olhar que se fixou ternamente e oh, o que eu encontrei foste tu!
E assim ele lentamente se aproximou e ela desarmada não recuou. E ele olhou-a, agarrou a sua mão e ao contrário de todo o mundo não a deixou no escuro, acendeu uma vela! E ao contrario de todo o mundo não a aqui deixou ao frio, aqueceu-a de amor e ternura. E ao contrário de todo mundo... ao contrario do vulgar ele era diferente. Ao contrario do que não ama ele amou. Ao contrario de quem vai ele ficou.

37 comentários:

Mariana disse...

goooooooosto !! :)

Infinite disse...

OMG (..) Ele era diferente .

Lindo .

Mariana disse...

Não tens de agradecer :)

inês disse...

Claro que vamos! Gosto tanto deste texto, identifico-me bastante :)

Mariana disse...

Gostas mesmo? *-*

inês disse...

E ainda bem, gosto de te ver assim :)

inês disse...

Ao menos nem tudo é mau :)

- Bianca disse...

Encontramos sempre alguém que nos salve, que nos faça encontrar, que nos ame :) gostei.

Mariana disse...

Ainda bem, muito obrigada!*

ParadoxoSD disse...

Adorei o teu blog, tens textos muito bons mesmo, Parabens! Sigo-te com todo o gosto*

ana minhalma disse...

adoro o blog :) estou a seguir, se quiseres/gostaes segue-me também. um grande beijinho!

ana minhalma disse...

de nada, ora essa! eu adoro o teu, é tão fofinho :3

Ana Margarida disse...

É preciso perdermos-nos enumeras vezes, para encontrar-mos a luz ao fundo do túnel.

ana minhalma disse...

faço das tuas as minhas palavras! :))

inês rodrigues disse...

sigo , tá tão lindo o texto o:

Ana Margarida disse...

Fazem mesmo .. E, oh, como anda dificil encontra-las.

inês rodrigues disse...

muito menos mesmo querida .

inês rodrigues disse...

mesmo .

Márcia* disse...

adorei o texto.
sigo o blog (:

Ana Margarida disse...

É verdade, minha querida. Infelizmente..

Ana Margarida disse...

É isso mesmo, meu doce.

Ana Margarida disse...

E ter atitude positiva.

Ana Margarida disse...

Nós conseguimos!

- Bianca disse...

Obrigada pelo comentário minha querida :b

Ana Margarida disse...

Oh muito, muito obrigada pela tua presença no meu blog. Tens sido uma seguidora linda, mesmo!

Ana Margarida disse...

Oh que linda!

Marta Almeida disse...

o texto está lindo, adoro aquilo que escreves :) sigo-te e no teu tumblr também*

martalmeida-photography.blogspot.com

Marta'Santos disse...

eu sei que nao e facil mas se precisares, estou aqui*
Adoro a maneira como escreves**

Marta'Santos disse...

nao tens que agradecer sei o que estas a passar e se poder ajudar aqui estou, achas?:$

Andreia Mota disse...

Sempre assim :s

Marta'Santos disse...

nada que agradecer (;
ó obrigada querida**

Marta Almeida disse...

Obrigado querida! :)*

Inês Geraldes disse...

Somos todos, cabeça para cima e sorriso na cara!

Tiz disse...

Adoro. Sabes bem o que é amar. E eu também o sei também, não acrescento nada pois tu sabes o quanto inconstante pode ser esse sentimento ao qual se chama de amor.
ly, beijinho <3

Andreia Mota disse...

Espero bem que sim querida :)

Andreia Mota disse...

Claro :)

Suéli Coutinho. disse...

sem palavras.