sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Todos nós temos segredos

Todos nós temos segredos. Sejam um ou vários, mas temos. De todos, existe sempre um que mais nos atormenta, um que mais nos dói, um que temos mais dificuldade em tirar da cabeça. Existem coisas que por mais anos que passem não nos conseguimos desapegar, mesmo que seja uma dor. Parece irónico - o facto de ser difícil desapegar de algo que doí.Talvez seja mais que um apego. Talvez seja um habito. Uma cassete que roda e roda vezes sem conta, mesmo que não se queira. Torna-se automático. Talvez existam pesos incuráveis, angustias permanentes, mágoas inesquecíveis. E talvez a solução seja aceitar, aprender a transporta-lo de uma forma mais confortável, menos dolorosa. Afinal de contas, até aquilo que dói faz parte daquilo que somos.

5 comentários:

Cláudia S. Reis disse...

Aquilo que dói muda-nos. E muitas vezes é isso que nos faz avançar!

Mari disse...

Eu penso que deveríamos libertar-nos desse peso, após aprendermos a lição :)

Matilde disse...

Penso que tens toda a razão quando dizes que a solução é aceitar. Aceitar que todos temos alguma coisa de que não nos orgulhamos, algo que preferimos guardar para nós, aceitar que é normal!
http://sunflowers-in-the-wind.blogspot.pt/

Mýa. disse...

Concordo com a Mari..

Lis disse...

há coisas que não conseguimos esquecer! Bonito texto :)