sexta-feira, 6 de abril de 2018

Somos Mulheres


Somos crianças, adolescentes, mulheres.
A infância já nos foi tirada. A inocência já nos foi roubada. Já nos ofereceram lágrimas, já nos cuspiram na depressão, já se sentaram na nossa exaustão. Mas continuamos de pé.

Somos crianças, adolescentes, mulheres.
Muitas de nós já cá não estão. Pela crueldade que entranha no que resta. Pelo devastar massivo das emoções. Pela dor que corrói o peito, que arde nas veias. Pela perplexidade. Pela inconformidade. Pela destruição. E todos os dias um coração deixa de bater no meio de todos nós. 

Somos crianças, adolescentes, mulheres.
Temos cicatrizes e marcas. Temos palavras e voz. Temos emoções e sentimentos. E somos os pedaços do que não nos derrotou. Não somos inteiras. Somos partículas que pairam, como pássaros, como borboletas. Somos pedaços, mas somos livres. Podemos ter caído, mas continuamos de pé.

Somos crianças, adolescentes, mulheres.
As cicatrizes são pureza em nós. As memórias são sal em ferida, que ardem mas tornam-nos mais fortes.
Somos guerreiras. 

Somos crianças, adolescentes, mulheres.
 Não somos chama, mas temos fogo em nós.

3 comentários:

Eros disse...

Belíssima Ode ao Inigualável Poder Feminino!

Daniela Costa disse...

Que texto bonito :)

Cláudia S. Reis disse...

É ao ler textos como este que o orgulho de ser mulher transborda. És uma inspiração!